O “remarketing” e o “retargeting” são basicamente a mesma coisa, a principal diferença está no fato em que o remarketing é a forma como o Google chama a sua própria ferramenta de retargeting.

Você provavelmente já foi “perseguido” por banners de anúncios de algum produto ou serviço que estava pesquisando anteriormente: uma promoção de passagem para determinado destino, ou um desconto em algum item que você estava procurando.

Retargeting vem do inglês “target”, em português “alvo”.

A ideia do retargeting é atingir mais de uma vez a mesma pessoa, com os anúncios que o usuário vê após a primeira busca por tema específico e visitar uma determinada página.

OBJETIVO

O objetivo do remarketing é aumentar o número de conversões.

Nem todo mundo que vê um anúncio pela primeira realiza a compra de imediato.

Segundo dados do próprio Google Ads, 97% dos visitantes de uma loja virtual não convertem em sua primeira visita.

Em vendas mais complexas, a conversão em pedidos de orçamento ou ações semelhantes é ainda menor.

O remarketing oferece a possibilidade de continuar aparecendo para um cliente em potencial, assim enquanto ele pensa no assunto sua marca continuará em sua mente.

Entre o primeiro contato do usuário com a empresa e a efetivação da compra, existem diferentes estágios.

E podemos dividi-los em quatro etapas:

CONSCIÊNCIA

Quando a pessoa começa a procurar sobre o assunto, sem necessariamente ter a intenção de comprar.

CONSIDERAÇÃO

É quando o cliente já possui algum conhecimento e está cogitando a possibilidade de efetuar a compra, ou seja, os processos de comparação de preços, busca por recomendações etc.

COMPRA

É quando o cliente efetua a compra em si.

FIDELIZAÇÃO

Acontece no pós-compra, quando o objetivo passa a ser uma nova conversão.

Com um plano de remarketing bem estruturado, é possível alcançar usuários em diferentes etapas desse funil e direcioná-los para a próxima etapa.

FORMAS DE REMARKETING

No Google Ads existem basicamente duas grandes formas de fazer anúncios de remarketing, que são na rede de Display e na rede de Pesquisa.

REMARKETING NA REDE DE DISPLAY

Remarketing na Rede de Display

A Rede de Display funciona com um grupo de sites parceiros que oferecem um espaço dentro de suas páginas do site para a divulgação de anúncios pagos.

Nesses espaços é feita a divulgação de banners para usuários que estejam em uma lista de remarketing.

É graças a isso que você visualiza aquelas promoções que perseguem você em diversos sites.

REMARKETING NA REDE DE PESQUISA

Remarketing na Rede de Pesquisa

Na Rede de Pesquisa os anúncios são exibidos na própria página de resultados do Google.

Também fazem parte da Rede de Pesquisa o Google Maps, Google Shopping, Google Imagens, grupos do Google e sites parceiros de pesquisa.

O formato dos anúncios na Rede de Pesquisa é o formato padrão de anúncios do Google Ads.

REMARKETING NO FACEBOOK E INSTAGRAM

Outra opção a ser explorada é o remarketing nas redes sociais, que funciona de maneira similar à Rede de Display, onde os anúncios de remarketing aparecem dentro da rede social, seja no feed de notícias ou na barra lateral (no caso do Facebook) e nos stories (no caso do Instagram).

A escolha da melhor opção de remarketing vai depender do objetivo da sua empresa.

Pesquise as possibilidades e pense em como é possível adequar os formatos à sua realidade.

Aconselhamos experimentar diferentes formatos para identificar a mais viável, a fim de otimizar suas campanhas, em busca dos melhores resultados.

Empreendedores de todo o país já sabem da importância do Marketing Digital para o seu negócio e estão tornando-o parte fundamental do seu planejamento de marketing.

Na OH Soluções são mais de 300 clientes que já investiram em sua empresa e estão tendo excelentes resultados.

Quer saber mais? Curta nossa página no Facebook, e acompanhe mais conteúdos como este em nosso blog.

Receba dicas de Marketing Digital e E-commerce!